domingo, dezembro 17

« Dias de Chuva » - parte 7


No dia em que te perdi, comecei por estranhar a tua demora a chegar a casa. Já era bastante tarde e, sentada à janela da cozinha, não havia sinal de ti. Percorri a rua com o meu olhar vezes sem conta, esperando ver o teu carro aparecer por entre a chuva. Deixei a minha audição alerta para qualquer barulho parecido com as tuas chaves na porta. Olhava para o telemóvel à espera de uma qualquer notícia. Terias apanhado trânsito? Terias ficado até mais tarde no trabalho? Tentei ligar-te mas não atendeste. Mandei mensagem e fiquei sem resposta. O meu coração começava a apertar quando o telemóvel tocou. Não conhecia o número mas atendi sem pensar duas vezes. Não me lembro de forma clara do que aconteceu nos minutos depois de ouvir a notícia que me tinham acabado de transmitir. Lembro-me de sentar-me no chão. Lembro-me de não conseguir reagir. De sentir os pensamentos num turbilhão. Julguei que poderia explodir a qualquer momento. E assim fiquei, naquela primeira noite. Na primeira de muitas em que tive de gerir que não voltarias. A primeira de muitas em que iria ficar à janela, na esperança de que tudo isto não passasse de um pesadelo. Sabes... ainda vou à janela da cozinha com frequência. Sei que o teu carro não irá aparecer e que as tuas chaves estão penduradas no chaveiro. Mas, ainda assim, reconforta-me saber que te vi por ali tantas vezes. Deixo escapar um sorriso ao lembrar todas as vezes em que olhaste para cima para me dizer um último adeus. E é assim que te quero relembrar: com um sorriso.

A palavra usada foi esperança e foi-me dada pela Mena Almeida do "Entre os meus dias".

quinta-feira, dezembro 14

: Guia rápido de presentes de última hora.


Na minha família nunca houve o hábito de comprar presentes extremamente caros. Desde que comecei a comprar presentes para as minhas pessoas que dou primazia aos detalhes. Gosto de comprar coisas simples que saiba que eles vão gostar. Ou então gosto de fazer as prendas, inspirando-me no pinterest. Deixo-vos um guia rápido de presentes simples e que dão para adaptar a vários gostos. Foi neste guia que me inspirei para dar os presentes de Natal este ano!