terça-feira, julho 17

: As semelhanças entre os cães e as crianças.


Ai, que acabei de cometer uma heresia. Neste momento, só de lerem o título, já se levantaram movimentos para me proibir de ser educadora. Como ousei comparar pessoas e animais? "Lá está ela a dar demasiada importância ao cão", pensam alguns. Antes de me apredejarem atentem bem ao que vos trago e tirem as vossas conclusões!


segunda-feira, julho 16

: Ainda estou a digerir a informação.


Como assim aquela menina tímida que conheci há mais de dez anos se vai casar? O tempo correu, fugiu de nós... Crescemos... Traçámos os nossos caminhos de formas tão distintas e, ainda assim, sempre a incluir a outra num presente recheado de futuro. Eu, na minha casa. Tu, prestes a dar um passo que eu decidi saltar. O nervosismo que sinto por ti. O orgulho que sinto no facto de teres superado as dores do passado. Por teres dado oportunidade a um grande homem de te conquistar o coração. Que orgulho por ver o vosso amor crescer, ainda que um oceano vos separe. Vieste ontem visitar-me. Na bagagem dois livros que te tinha emprestado. E o Domingos Amaral, que eu tanto gosto, guardava uma carta especial. Uma memória dos anos que ultrapassámos, um historial de tudo o que vivemos. No final, um pedido que eu nunca pensei que me fizessem. Madrinha. Logo eu, que fugi do casamento. Madrinha. Logo eu, que sou a pessoa mais nervosa à face da terra. Mas aceitei. Por ti. Porque só a tua felicidade importa. Vou atravessar o oceano de avião, por ti. Ultrapassar vários medos e fobias. Embarcar numa aventura única e conhecer o homem que te faz feliz. Vivenciar o teu dia. O vosso dia. A menina tímida cresceu e eu não podia estar mais orgulhosa da mulher em que ela se tornou. Que venha daí o vosso dia especial!