segunda-feira, junho 15

: Sim, somos piores que as crianças!


Desde há uns tempos para cá que, todas as semanas, eu e uma colega nos temos escondido dos miúdos quando já lá estão só três ou quatro e estamos quase a ir embora. É delicioso ouvi-los a procurar-nos e a enfrentar o escuro como uns "corajosos", nome que ainda hoje chamaram a si mesmos. E nós, que devíamos ser as adultas, ficamos escondidas a controlar o riso. Mas, podem respirar fundo, estamos sempre atentas ao local onde eles estão, preparadas para socorrê-los se for necessário. Adoro estes pequenos momentos e eles também. Prova disso é que sempre que nos encontram pedem logo para que voltemos a esconder-nos. Devíamos ser as adultas mas, nestas situações, é tão melhor ser criança!

9 comentários:

  1. E que bom que é revelar a nossa criança interior de vez em quando! :)

    Preciso da tua ajuda, querida! Kids related :b

    ResponderEliminar
  2. Por incrível que pareça não. o centro de emprego agora está a obrigar-nos a ir fazer formação de procuras de emprego e apresentação e então mesmo quem ia ser chamado teve de esperar para poder fazer a formação porque sem uma não há a outra. Estou para ver se quando sair da formação o lugar estiver ocupado.

    ResponderEliminar
  3. Quem me dera ter tido uma educadora de infância como tu *.*

    ResponderEliminar
  4. É maravilho fazer isso, não só porque lhes proporciona boas gargalhadas, como inconscientemente os ajuda a ir superando pequenos obstáculos :)

    ResponderEliminar
  5. tu não sabes o quanto me irrita aquele tipo de pessoas que, por exemplo, ao ler isto, iria dizer "aii, isso é tão perigoso, os meninos podem-se magoar". perigoso é não se fazer este tipo de brincadeirinhas. continua a fazer isto, cláudia :)

    r: porque eu adooooro bonsais!

    ResponderEliminar
  6. Todos temos uma criança dentro de nós... é pena que nem sempre tenhamos coragem de a "soltar". :)

    ResponderEliminar
  7. Está visto que isso é uma grande animação no trabalho XD

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  8. Nós teremos sempre uma criança dentro de nós.

    ResponderEliminar

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?