: Souveniers do Norte


Sempre me senti fascinada pelo Norte. Infelizmente nas poucas vezes que lá tinha ido era pequena demais para me lembrar do que tinha visto. Quando, ao fim de dois anos de namoro, o David me levou pela primeira vez a passar uns dias na zona de Viseu vim de lá apaixonada. Desde aí vamos lá todos os anos e ficamos cada vez mais tempo. Temos já alguns pontos que não podem falhar - como a praia fluvial da Folgosa e a Piscina de Lamego - mas tentamos sempre conhecer locais novos. Durante a semana que passou conhecemos novas praias fluviais, passeámos pelo meio de aldeias vizinhas e aproveitámos para fazer umas quantas caches. Agora que regressámos à tão movimentada Lisboa sinto falta da vagareza com que passam os dias por lá. Sinto falta de descobrir as horas através das badaladas dos sinos da igreja. Sinto até falta de só ter quatro canais e zero de internet. É incrível como até as pequenas coisas nos deixam com saudades.

Mas bom, chega de falar. Não há nada melhor do que vos mostrar pequenos pedaços desta minha semana.

Para o ano há mais.



Comentários

  1. tens que vir visitar Guimarães e o Gerês :)

    ResponderEliminar
  2. r: diverti-me muito , passou foi rápido *.*

    ResponderEliminar
  3. Gostei das fotografias! Que belas férias princesa ♡

    Resposta: eu também acredito no amor para sempre, o que não acredito é que vou amar alguém para sempre estando morta xd

    ResponderEliminar
  4. Ao norte não faltam encantos :p Tens de vir cá mais pra cima!

    ResponderEliminar
  5. Até 1988, férias para nós era na praia. Nesse ano decidimos ir à aventura pelo norte (dois casais e dois miúdos de 6 anos num Mini Metro). Demos uma volta ao norte em 13 dias, com estadias memoráveis em Montalegre e Vieira do Minho, com jantares regados com vinho verde, passeios pelo Gerês (onde as estradas ainda eram quase todas de terra batida), travessia de carro desde o Santuário da Peneda ao Soajo (26 Km de estradão florestal, com o chassis do carro a bater no chão lol). Desde então, poucas vezes aguentei 15 dias seguidos de praia. Começámos a andar pelo Norte de Espanha (sempre acampados em montanha), por França e Itália (Alpes) e quando não dava para ir mais longe, o Gerês era sempre uma opção.
    Se um dia ficasse rico, abalava pelo mundo fora e só cá vinha "de férias" eheheh

    ResponderEliminar
  6. Braga ainda te espera!
    Com a bela vista do Bom Jesus e a paz do Gerês!

    ResponderEliminar
  7. R.: Muito obrigada pela tua ajuda, Cláudia! Daqui a uns dias vou continuar a decoração do blogue! Um beijinho!

    ResponderEliminar
  8. Conheço Viseu de recordações, tal como tu, quando eu era mais novita fui lá :)

    ResponderEliminar
  9. Há lugares lindos, que nos transmitem uma paz incrível! É tão bom quando saimos da rotina e nos distanciamos do nosso mundo. É bom quando partimos à descoberta e nos perdemos nos detalhes (e agora estou para aqui a suspirar, porque ainda agora voltei de férias e sinto falta desses pormenores).
    Que fotos maravilhosas!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?