: Medo de ser.


Apregoas aos sete ventos que te orgulhas de quem és. Que és segura de ti, do caminho que escolheste seguir. Mas depois escondes-te nesses teus sapatos de salto alto, que dizes fazerem-te mais alta. Terás vergonha da tua altura? Acharás que o teu tamanho te irá definir? Escondes-te por detrás de toda essa maquilhagem desnecessária. Dizes que escondem as pequenas imperfeições. Terás medo que te julguem por teres uma borbulha ou uma mancha? Vestes essas roupas caras que custam mais do que o ordenado de muitas pessoas. Será que pensas ser avaliada se vestires roupas em segunda mão ou de lojas baratas? Talvez me digas que tudo isto faz parte de ti e não o duvido. Mas então não digas que te orgulhas de quem és. Se assim fosse descalçavas os sapatos, limpavas a maquilhagem, não te preocupavas com a roupa que vestes. Se assim fosse não te preocupavas em querer agradar a todas as pessoas, mudando a tua postura a cada passo. Não és segura de ti e provavelmente nunca o foste. Se o fosses não terias que criar tantas máscaras. Desprende-te dessas tuas amarras e experimenta sair à rua de cara limpa, de ténis e com a roupa mais descontraída que encontrares. Não chamarás tanto à atenção, isso é certo, mas aí sim poderás dizer que não tens vergonha de quem és. Só dessa forma provarás que te aceitas com todas as imperfeições que tens. Não tenhas medo de ser, de enfrentar o mundo com todas as armas que tentas dissimular. Sê tu, sem maquilhagens ou disfarces. Nunca ninguém será igual a ti. E, podes até não acreditar, mas isso é uma coisa boa.

Comentários

  1. Adorei a mensagem. És uma inspiração.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Para algumas pessoas a vida é um baile de máscaras. :/

    ResponderEliminar
  3. São as diferenças que nos tornam únicos...

    ResponderEliminar
  4. É mesmo! Infelizmente, parece ser algo cada vez mais difícil de aceitar...

    ResponderEliminar
  5. Quantas e quantas mulheres não são assim? Eu confesso que já fui mais assim devido à questão da maquilhagem, mas nunca (que me lembre) disse que tinha orgulho no que sou, mas apenas gosto de ser quem sou. Sou única!

    ResponderEliminar
  6. Mais importante do que dizer que se é é realmente demonstrá-lo com atitudes. Não adianta dizer as coisas se depois aquilo que fazemos é o oposto do que tentamos transparecer

    ResponderEliminar
  7. És a minha leitora mais assídua provavelmente, tenho que te agradecer de coração!

    Acho que hoje em dia ninguém é totalmente seguro de si, eu não o sou nada e identifiquei-me com isto!!!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?