: Um dia, quem sabe.


Sempre que vamos ao Norte e passeamos pelas aldeias eu e o David conversamos sobre um dos sonhos que temos em comum: restaurar uma casa. Olhamos para as casas abandonadas e ficamos cheios de vontade de pegar nelas para torná-las um lar. Talvez um dia tenhamos hipótese de concretizar esse nosso sonho. Talvez um dia consigamos meter mãos à obra para renovarmos algo que outrora já vivenciara outras vidas. Talvez um dia possamos cumprir mais um sonho, lado a lado. Por enquanto passamos pelas casas e imaginamos tudo aquilo que poderíamos fazer. Sonhar ainda não paga imposto!!

Comentários

  1. É uma dor de alma ver tanto património em ruínas. Mas, há uns anos, andei a ver casas velhas para recuperar e desisti. Pediam mais por uma casa em ruínas, do que por algumas novas a estrear. Então na província as pessoas veem-nos chegar de Lisboa e pensam logo: se são de Lisboa, devem ser ricos. :/

    ResponderEliminar
  2. que sonho tão bom :)
    espero que o realizem!

    ResponderEliminar
  3. É um sonho bonito. Espero que o consigam realizar

    ResponderEliminar
  4. E sonhar a dois ainda é melhor!!!

    :)

    ResponderEliminar
  5. Realmente, há muitas casas bonitas que me fazem muita pena estarem assim, abandonadas! Continuem a sonhar :)

    ResponderEliminar
  6. Fico a torcer para que um dia consigam realizar esse sonho :)

    ResponderEliminar
  7. Sonhar a dois dá muito alimento à vida...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?