sexta-feira, novembro 20

: "É mesmo à Cláudia!!" #2


Tenho um pequeno defeito que me tem custado umas boas vergonhas... Para vos contextualizar tenho que dizer-vos que eu até consigo controlar a minha euforia. Mas em muitos dos casos simplesmente não quero fazê-lo. Gosto de ser espontânea e de reagir como a situação o proporcionar. Claro que muitas das vezes acabo por reagir de forma demasiado efusiva e as minhas bochechas adquirem um tom avermelhado. Nesses momentos se eu tivesse um buraco enfiava-me lá dentro. Já dei por mim no meio da fnac a fazer a dança da felicidade só porque ia comprar um bilhete para um concerto. Ou na bertrand a falar alto demais por estar entusiasmada com alguns livros. Mas acho que a situação mais caricata ocorreu durante as férias do verão passado, na semana em que estive em Vila Nova de Milfontes.

Existe por lá uma gelataria óptima - chamada San Pietro - com sabores de gelado de tudo o que possam imaginar. Num dos dias em que lá fui não me consegui controlar quando vi o sabor de ferrero rocher e comecei aos pulinhos enquanto dizia ao David «- Olha aliiii... FERRERO ROCHER!!!!!», como se de uma criança me tratasse. Quando dei conta tinha uma empregada a olhar para mim com uma cara de quem tinha medo de se aproximar e os outros empregados riam-se que nem perdidos. Só não me vim embora nesse momento porque queria mesmo um gelado de ferrero rocher!!

A solução para eu deixar de ser tão efusiva?? Ir sozinha aos sítios. Quando estou sozinha faço toda a festa dentro da minha cabeça e limito-me a ficar com uma cara ainda mais parva do que o normal. Agora quando estou acompanhada sinto-me mais à "vontade" para passar vergonhas. E pensar que eu já fui tímida...

Mais alguém demasiado efusivo como eu?!

4 comentários:

  1. Eu. :D Também sou assim, e já passei boas vergonhas por isso.

    ResponderEliminar
  2. Euuuuu! Sou igual ahahah se estiver sozinha também me controlo, mas acompanhada não resisto :p

    ResponderEliminar
  3. Ri-me que nem parva a ler o teu texto. Relaciono-me por completo contigo.

    ResponderEliminar

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?