sexta-feira, março 4

: Pequenas (grandes) razões para ser feliz [1]


Penso que já todos saibam que trabalho com crianças. Fazê-lo tem imesas coisas boas, apesar do cansaço e das dores de cabeça. O que muitos não devem saber é que dou explicações a dois meninos. Um deles está no ATL onde sou monitora. Claro que, ao longo destes meses, fui criando uma ligação diferente com ele e com a sua família. Não digo que o favoreço, até porque sou contra isso, mas tenho um maior à vontade principalmente com a mãe. No final da última explicação que lhe dei ficámos à conversa e ela perguntou ao menino se queria que eu fosse lá a casa no dia de anos dele cantar-lhe os parabéns. O que ele disse fez-me ganhar o dia - e possivelmente toda a semana

"Sim, quero! Tu também já és um bocadinho da minha familia."

Como resistir quando uma crianca, que conhecemos apenas desde Setembro, nos diz algo assim? Eu cá fiquei de coração cheio.

8 comentários:

  1. E é mesmo para ficares de coração cheio :) Que maravilhoso

    ResponderEliminar
  2. É maravilhoso quando isso acontece, porque é mesmo sinal que estabelecemos uma ligação de proximidade e confiança!

    ResponderEliminar
  3. E as crianças não têm "filtros", dizem o que lhes vai no coração. :)

    ResponderEliminar
  4. Eu tb ficaria muito feliz se me dissessem isso.
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Que fofo! Trabalhar com crianças deve ser das coisas mais recompensadoras.

    ResponderEliminar
  6. é bonito ouvir isso..e sinal que está a desenvolver um bom trabalho...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?