sábado, abril 9

: Parece que (afinal) ainda há pessoas honestas!


Sabemos que o mundo está completamente do avesso quando se lêem notícias como esta e se acha tudo muito fora do normal. A ganância não é um mal só deste século mas parece que ultimamente vivemos cada vez mais isolados de todos os que nos envolvem. Esta mulher teve a sorte da vida dela ao cruzar-se com um homem honesto, incapaz de ficar com o dinheiro de terceiros. Ele poderia ter fechado os olhos e até ter devolvido a carteira, sem o dinheiro. Mas, por algum motivo, decidiu fazer o mais correcto. Não sabemos o que o motivou a devolver a carteira - com o dinheiro lá dentro - mas ficará, sem dúvida nenhuma, com a sua consciência tranquila.

Não sei o que faria se fosse eu a encontrar a carteira mas acho que não conseguiria ignorar o facto de ter à minha disposição a identificação da dona de todo aquele dinheiro. E se já me dei ao trabalho de procurar no facebook uma pessoa cujo cartão do cidadão encontrei no chão, para lho poder devolver, provavelmente faria o mesmo neste caso. Ou então não. Nunca saberei. Só quando somos postos à prova é que sabemos dizer como reagimos.

O que imaginam que fariam?

16 comentários:

  1. Quando vi esta notícia, sorri. Se as coisas más não me deixam indiferente, estas coisas boas ainda menos (:

    ResponderEliminar
  2. Como dizes, só quando somos postos à prova é que saberemos. Mesmo assim, conhecendo o meu feitiozinho de otário, tenho quase a certeza que ia logo a correr entregar a carteira e o dinheiro.
    Já o fiz uma vez, quando era miúdo, embora a quantia fosse bem menor. Mas na época nós vivíamos com muita dificuldade e os meus pais escreveram uma carta à pessoa que, por sinal tinha sido roubado na taberna e depois deitaram a carteira fora com uma nota de 100 escudos que estava noutro compartimento.
    No fim o senhor acabou por me dar na mesma os 100 escudos... recuperou os documentos e ficou grato por isso. :)

    ResponderEliminar
  3. Desculpa la mas quem anda com quase 8k euros na carteira nao pode ser boa pessoa. Mas ainda bem que o dinheiro fpi devolvido. Eu n sei se era capaz. Beijinho
    The-not-so-girlygirl.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Eu iria ponderar duas vezes, durante uns largos minutos mas ainda assim, acho que devolveria também porque o peso na consciência não me iria largar!

    ResponderEliminar
  5. Eu tentava encontra o dono,se fosse de outra forma a minha consciência não me deixaria dormir :P

    ResponderEliminar
  6. «Só quando somos postos à prova é que sabemos dizer como reagimos», concordo totalmente! Há muitas situações que podem alterar a nossa forma de atuar, por isso nunca podemos garantir a 100% que fariamos isto ou aquilo.
    Também acho que não conseguiria ignorar o facto de aquele dinheiro ter dono!

    r: Muito obrigada *.*

    Independentemente da idade, há coisas que nos acompanham sempre :D

    É algo que raramente como, porque já sei que se tiver em casa desaparecem rápido ahahah

    Verdade!

    ResponderEliminar
  7. Também não sei o que faria, sinceramente. Mas penso que se não devolvesse, nunca ficaria bem comigo mesma...

    Beijinho Cláudia

    ResponderEliminar
  8. Não faço a menor ideia mas já me aconteceu encontrar uma carteira com dinheiro lá dentro (não tanto mas ainda era algum) e devolvi!

    ResponderEliminar
  9. Eu penso que devolvia o dinheiro e a carteira, até porque a minha consciência não me ia deixar em paz se não fizesse isso.
    R: Obrigada, sim é verdade pode ser que esteja a exagerar e chegar à altura até correr bem, no entanto estou desesperada.

    ResponderEliminar
  10. Ainda bem que existem pessoas assim!

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  11. É muito dinheiro, de facto. Mas é o dinheiro de outra pessoa. O que o senhor fez foi um acto magnífico.
    Se tivesse acesso à identidade da dona penso que entregava. Mas lá está, só quando somos postos à prova...
    kiss na cheek

    ResponderEliminar
  12. Ainda bem que aind existem pessoas assim, honestas :)

    ResponderEliminar
  13. Concordo, só sabemos como reagimos quando somos testados. O mais próximo a isso que me aconteceu foi entrar num provador da Zara e encontrar um saco da Bimba&Lola, com compras da marca, lá esquecido. Confesso que pensei se deveria ficar com ele, mas entreguei no balcão dos provadores. No entanto, se encontrasse dinheiro sem identificação não sei o que faria.

    ResponderEliminar
  14. Devolveria mas caso não tivesse identificação, não sei não. Tanta gente que se poderia aproveitar disso!
    O mais triste desta notícia é a quantidade de gente "chocada" quando isto devia ser o normal :(

    ResponderEliminar
  15. Eu posso dizer que sou uma pessoa honesta mas sinceramente, só no momento é que saberia se devolveria o dinheiro ou não, mas são 7600, dá que pensar!

    ResponderEliminar
  16. Com identificação, acho que não conseguiria ficar com o dinheiro. A minha consciência é muito chata.
    O que me aborrece é que isto seja notícia, porque, sim, é sinal de que estamos num mundinho muito mau.

    ResponderEliminar

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?