segunda-feira, setembro 26

: Recados à Macaquinha [21]


Macaquinha, por muito que te digam que os teus sonhos são de gente louca não te permitas desistir. Dança de pés descalços, de mãos à chuva. Luta por tudo aquilo que te faz feliz, mesmo que pareça impossível. Não te deixes vencer pela pressão de pertenceres à sociedade. Sê tu mesma, como só tu saberás ser. Não tenhas vergonha de sair à rua despenteada, quem sabe com uma meia de cada cor fruto do sono que te acompanhará por passares a noite acordada a ler um livro. Esforça-te, acima de tudo. Quer queiras ser médica ou cabeleireira. Esforça-te porque só assim atingirás o teu objetivo. Só assim poderás sentir-te realizada, sabendo que deste tudo de ti. E, ao longo do longo caminho que será a tua vida, lembra-te que terás sempre o apoio dos teus pais. Amor incondicional que nascerá muito antes de veres a luz do dia. Iremos rodopiar contigo nas alegrias, aconchegar-te nas tristezas. Iremos viver com o coração fora do peito, festejando todas as tuas vitórias. Iremos dar-te os empurrões necessários. Mas a força - essa maldita que teimará em abandonar-te - terá que partir de ti; Da tua vontade de ires mais longe. E espero que sim, macaquinha, que vás longe. Sempre com o nosso amor na tua bagagem.

5 comentários:

  1. Permite-me que te diga sem rodeios que serias uma excelente mãe!

    ResponderEliminar
  2. Olá florzinha? Tudo bem? Eu andei sumida mas voltei ao blog. Adorei seu texto, é muito bonito!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Não duvido que a vossa macaquinha chegará longe, até porque terá um excelente exemplo de base!

    ResponderEliminar
  4. Sermos nós próprios é tão bom, mas tão difícil! Que coisa linda para a macaquinha ouvir ^^
    ***

    ResponderEliminar

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?