quarta-feira, janeiro 11

: Sempre com foco no objetivo!


O maior objetivo para este ano - enquanto casal - é acrescentarmos um patudo à família. As poupanças já foram feitas, que não nos queremos meter nisto sem ter um pé de meia para qualquer eventualidade. Arranjámos um pote - que imagem tão cliché - e fomos pondo de parte dinheiros extra que iam entrando. Foram várias as vezes em que tivemos que recorrer ao pote por algum motivo mas a certo momento conseguimos organizarmo-nos melhor e o pote passou a ficar fechado durante meses. Estou orgulhosa de nós, do nosso controlo, da nossa força de vontade. Estou orgulhosa por termos provado que conseguimos, juntos, alcançar aquilo que queremos. Estou ansiosa pelo momento em que vamos ter uma companhia canina para alegrar e encher a casa.

O próximo objetivo - que para já fervilha apenas na minha mente - é o de juntar dinheiro para visitar o único país que não me sai do coração e que ainda não tive o prazer de conhecer: França. Claro que Paris é o meu destino de sonho mas não me importo de conhecer qualquer parte francesa. Até posso ficar só ali nos Pirinéus, que já era muito feliz! Pode demorar dois, três, quatro anos... Não importa! Tenciono cumprir este sonho e não tenciono desistir dele. Tudo se consegue com calma e preserverança!

Contem-me tudo... têm algum objetivo deste género?

10 comentários:

  1. Que bom! Orgulho-me de vocês com esse foco! É tão bom ter uma companhia patuda por casa!
    Eu bem gostava de acolher mais um patudo mas por agora estamos bem assim com filha única :P

    ResponderEliminar
  2. Querer é puder ^_^ Que esse animal quando chegar seja muito amado e acarinhado. Concordo plenamente em pensar-se primeiramente na viabilidade a nivel financeiro antes de se ter um bichinho, pois eles têm as suas necessidades que têm os teus custos e se é para ter um bicho que seja em condições e em pleno ^_^

    ResponderEliminar
  3. Ter objetivos de poupança é a melhor forma de efetivamente poupar. E não vale ter daqueles mealheiros que abrem! Tem que ser uma coisa a sério, comprometimento até ao fim. Eu comecei a poupar quando comecei a trabalhar. Inicialmente metia tudo num mealheiro que não abrisse e no fim do ano fiquei contente com o que já tinha amealhado (sendo que nesse ano tive imensas despesas, ainda por cima!). Depois percebi que, se levasse isso mais a sério, conseguiria ter uma boa quantia no fim do ano, então criei uma conta poupança onde me debitam diretamente um montante no fim do mês. Neste momento está completamente parado porque não estou a trabalhar nem a receber nada de nada, mas no ano que passou consegui juntar o que planeava. Contando que, além desse montante "obrigatório", ainda fui fazendo transferências diretas sempre que sobrava algo mais. O objetivo é ter dinheiro para uma futura vida independente.

    ResponderEliminar
  4. Eu tenho uma lata onde estou a meter moedinhas, para o que vai ser ainda não sei. Quero muito visitar Paris e a Disney mas sei que não é com essas poupanças que vou conseguir... Vamos ver :)

    ResponderEliminar
  5. O único objectivo que tenho para este ano é conseguir juntar dinheiro para ir viver com o meu namorado :)

    ResponderEliminar
  6. Tenho muitos até!
    Um deles é fazer assim uma viagem, se fosse à Grécia ou Itália óptimo, mas acho que ficaria mesmo muito feliz com qualquer sítio desde que me sentisse bem lá e que ao respirar pensasse "respira-se bem aqui!" uma coisa minha, mas que me faz sentir tãaoo bem!

    ResponderEliminar
  7. Essa do pote fez-me lembrar o meu pote, ainda Vazio, para comprar o meu primeiro carro.. Mas é como tu dizes com calma e perseverança tudo se consegue :)
    - grão a grão...

    ResponderEliminar
  8. Acho que fazes muito bem. Para além da minha conta, guardo algum dinheiro em casa para extras. Gastei algum para pagar a viagem para Barcelona mas já estou a repor aos poucos. Temos de tentar ser coesos e não gastar tudo o que temos. Acho que fazes bem.

    Olá, sou a Oliva, nova por estas bandas. Gostei do blogue. **

    ResponderEliminar
  9. Eu e o meu namorado temos dois mealheiros. Um é um cilindro gigante que comprámos na nossa primeira viagem ao estrangeira porque é ridículo de grande e deve demorar uns 5 anos (ou mais) a encher.
    O outro é bastante mais pequeno, e temos como objectivo abri-lo no final deste ano.
    Adoro estes objectivos em comum.

    ResponderEliminar

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?