: Até um dia, Morena.

Morena, no dia em que a conheci.

Hoje o dia estava a ser bom. Sentia-me leve, despreocupada. Cheguei a casa e depois de treinar violino apeteceu-me um lanche. Foi aí que reparei em ti, Morena, numa posição estranha dentro da água. Pensei que estivesses a dormitar e peguei em ti, como tantas vezes fiz só para te admirar. O teu corpo estava estranho e nem a água a correr da torneira te abriu os olhos. Foi aí que a verdade me atingiu: tu tinhas morrido. Tu, com apenas seis meses, não resististe a uma aparente doença que eu não conhecia. Bem me tinha apercebido que as tuas patas traseiras tinham unhas e "dedos" a menos mas sempre pensei que tivesses nascido assim, diferente. Afinal não te consegui proteger. Desculpa. Quando te tornei a pousar no aquário, como quem espera que afinal acordes,  as lágrimas correram sem parar. Lembrei-me do dia em que te trouxeram até mim, o animal para a sala dos traquinas. Lembro-me da felicidade que senti. Da minha preocupação ao pensar que não irias sobreviver ao frio e de, por isso, te ter trazido para casa . O David, que se apaixonou por ti no primeiro dia, perguntou-me se queria que te levasse para o lixo para eu não ter que lidar com isso. Disse de imediato que não e fiz-lhe o pedido mais estranho: que te fizéssemos uma caixa e um pseudo enterro. Ele limpou-me as lágrimas e acedeu de imediato, provando mais uma vez que estará sempre ao meu lado para me ajudar nos momentos de dor. Amanhã irás morar para junto do rio, num local calmo e que te iria agradar. Eras pequena e está a custar-me mais do que algum dia poderia imaginar. Amanhã o teu aquário será arrumado e eu começarei o luto. Mas hoje... Hoje não consigo não chorar. Serás sempre a mascote daquela sala. E terás um lugar nos nossos corações. Pode ser loucura amar tanto os animais, mas nunca deixarei de ser louca. Até um dia pequenina.

Comentários

  1. Lamento imenso. Perdi um dos meus animais de estimação há pouco tempo e sei o que dói.
    Força. <3
    kiss na cheek

    ResponderEliminar
  2. Lamento, minha querida :/
    Muita, muita força!

    ResponderEliminar
  3. Oh, é sempre triste quando perdemos um animal de estimação :/

    ResponderEliminar
  4. Pobrezinha :´( mas que doença é que ela tinha afinal?
    O animais conseguem-nos tocar sempre de uma forma maravilhosa, seja que espécie for e o muito o pouco tempo que esteja connosco.

    ResponderEliminar
  5. Meu Deus, já entendi o que aconteceu... Que horror, sei bem o que é perder um animal que tanto amamos... Muita força, querida! A Morena estará sempre a cuidar de ti! <3

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?