: Recados à Macaquinha [24]


Nunca será tarde demais para lutares pelos teus sonhos. Mas tenho que ser sincera contigo: há coisas que ficarão para trás. Terás sonhos mais fortes que outros. Alguns irão chamar-te com uma voz mais alta e acabarás por deixar de lado aquelas pequenas paixões que um dia pensaste que poderiam ser grandes amores. E eu quero que lutes por tudo aquilo que te faz mais feliz, mesmo que mais ninguém cá em casa goste. Não te quero condicionar ou levar-te por um caminho que não o teu. Apesar de saber que tentarei introduzir-te no mundo da música. Pelo menos instrumentos cá em casa não te faltam!! E, se no futuro, te lembrares de paixões antigas não te inibas de pegar nelas novamente. Não te inibas de virar o teu mundo de pernas para o ar. Eu sou a prova viva de que basta força de vontade para recuperar um sonho antigo. Foi aos vinte e cinco anos que arranjei coragem para finalmente aprender violino. Irás decerto ouvir-me tocá-lo e fá-lo-ei para te mostrar que nunca somos velhos de mais para começar nada. Há poucas coisas melhores do que começar algo do zero, única e exclusivamente por nós. Porque é um sonho nosso. Porque nos faz feliz. Pouco importa o que te irão dizer: quem gostar de ti irá sempre apoiar-te.

Macaquinha, podes contar sempre connosco - teus pais

Comentários

Enviar um comentário

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?