: Somos todas princesas!


Vou trabalhar quase sempre de fato de treino, porque é mais confortável. Dá-me espaço para correr, rebolar no chão, saltar, fazer tudo aquilo que os pequenotes me pedem. Acho que eles nunca me viram muito arranjada, até porque eu ando sempre super simples. No entanto hoje um dos meninos da minha sala surpreendeu-me. A mãe foi lá levá-lo de manhã e ele, depois de ter dito o fato que iria vestir, disse "A Cláudia tem de ser uma princesa!". A mãe derreteu-se e a mim deixou-me a pensar. Nunca fui muito de brincar às princesas nem nunca me quis mascarar como uma. Mas quem disse que não posso ser uma princesa na mesma? Uma daquelas realistas, que acorda com o cabelo despenteado e que nem sempre tem disposição para despir o pijama. Talvez a forma deste pequeno ver a vida seja a certa: somos todas princesas à nossa maneira. Sem serem precisos vestidos, maquilhagem ou até ter que aguentar a espera pelo príncipe encantado. Somos todas princesas simplesmente por sermos nós! Se posso ser independente, dona do meu nariz e de bem com o mundo então quero ser princesa!

Comentários

Enviar um comentário

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?