quarta-feira, agosto 30

: Viseu, vejo-te para o ano.

Adenodeiro - Imagem captada em Julho 2016

Este verão foi o primeiro - desde há cinco anos - em que não fomos para Viseu passar uns dias. Foi o primeiro ano em que não fomos para a aldeia absorver a paz que só lá se consegue ter. Foi o primeiro ano em que não fugimos um dia para as piscinas de Lamego e utilizámos a viagem para comprar bôla para toda a família. Não fomos por uma razão muito simples mas, ainda assim, forte: o cachorro ainda é pequeno e mete tudo à boca. Tivemos receio que ele metesse algum tipo de veneno à boca e lá em cima não conhecemos nenhum veterinário que seja perto e esteja 24 horas aberto. Sei que não devemos condicionar desta forma a nossa vida - e que até faria bem ao cachorro aquele ar puro - mas é impossível não tentar antecipar certas coisas. Ele é super curioso e sempre que vamos a casas com quintais é vê-lo a explorar tudo e a trazer na boca desde paus até pequenas laranjas. Daí até meter na boca algo que realmente lhe fizesse mal vai um pequeno passo! 

Para o ano, se tudo correr bem, iremos passar lá uns dias. Ele já vai ter quase dois anos e a segurança já é maior. Até já andámos a estudar os veterinários nas redondezas caso tenhamos algum problema. As nossas únicas preocupações serão ter atenção ao que está no chão - teremos que fazer uma grande limpeza mal chegarmos - e ficarmos por casa nas horas de maior calor. Ainda assim teremos muito tempo para explorar a aldeia com ele; para levá-lo a uma praia fluvial pouco frequentada e onde ele poderá andar mais à vontade. Estou ansiosa por voltar ao Norte. E desta vez iremos super acompanhados!

7 comentários:

  1. Sempre que posso, marco presença nos Jardins Efémeros. Adoro Viseu!

    ResponderEliminar
  2. Como te percebo, este ano também não houve férias :/ quem sabe se daqui a uns meses não terei um fim-de-semana de sossego, bem preciso !

    ResponderEliminar
  3. Acolher um animal implica sempre mudanças. E, muitas vezes, fazer sacrifícios, como não ir para lugares que nos fazem tão bem. Honestamente, acho que foi uma escolha consciente da vossa parte, o que demonstra ainda mais o amor que têm pelo vosso patudo, porque assim têm mais tempo para preparar essa ida com ele até Viseu. Para o ano, já vão ter mais informações que vos serão úteis e poderão ir para lá com outra segurança :)

    ResponderEliminar
  4. É um bom motivo e assim, já crescido, vocês podem aproveitar melhor sem se preocupar!

    ResponderEliminar
  5. Que giro! Também tenho casa em Viseu, todos os anos vou lá. Aliás, neste momento estou em Viseu eheh
    Compreendo perfeitamente a situação, a minha cadelinha também era assim mas agora já vai estando melhor. Espero que para o ano consigam ir os três :)

    ResponderEliminar

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?