sexta-feira, março 23

: Home Cinema | Ferdinand


Este filme é tão especial que merece um texto de opinião dedicado somente a ele.

Ferdinand (2017)

Sinopse: Apesar da sua figura imponente e algo assustadora, o touro Ferdinand tem um coração generoso e sensível. Ao contrário da maioria dos machos da sua espécie, ele prefere a calma e a tranquilidade da quinta onde vive a adrenalina das corridas de touros tão famosas em Espanha, o seu país-natal. Tudo lhe corre de feição até ao dia em que, por lapso, acaba por ser seleccionado para combater nas touradas de Madrid. No lugar para onde ele é levado, Ferdinand acaba por fazer grandes amigos, mas em nenhum momento esquece o seu maior objectivo: encontrar uma forma de voltar para Nina, uma menina meiga que é também a sua melhor amiga…

Opinião: Assim que vi o trailer deste filme sabia que o iria amar e a verdade é que não me enganei. É uma animação apaixonante desde o início ao fim e que pretende demonstrar que todos os animais têm sentimentos, mesmo que não os possam expressar através da fala. Apesar de morar numa zona ribatejana - onde as corridas de touros e as largadas são amadas por muitos - nunca consegui gostar dessa tradição e acho um puro desrespeito pelos animais. Muitos dizem que os animais não se magoam e que é um espetáculo bonito mas não me convencem. Não consigo deixar de imaginar a ansiedade que os animais devem sentir, para além do facto de estarem constantemente a serem provocados. Numa altura em que tanto se fala de ser anti natural os animais irem a restaurantes (assunto que dá para um outro longo texto) pergunto-me... até quando acharão natural obrigar animais a estarem numa arena para felicidade de humanos? O lugar dos animais selvagens é no seu habitat natural. E é isso que este filme demonstra. Demonstra o egoísmo de alguns humanos e a forma como os animais são mais felizes quando são livres. A pequena Nina representa o amor puro e os vários momentos em que ela surge com o Ferdinando são de aquecer o coração. É maravilhosa a forma como ela luta por ele e a forma como ela acolhe todos os amigos que ele acabará por trazer. É um filme de animação com uma dura crítica inscrita nele. Ataca fortemente as touradas de morte tradicionalmente espanholas e que demonstram que a nossa civilização não é assim tão avançada. Infelizmente sei que este filme não mudará mentalidades mas espero que mais pessoas vejam para lá das tradições e percebam que chegou à altura de respeitar os animais, permitindo-lhes estar em liberdade. Permitindo-lhes viver a sua vida em paz.

8 comentários:

  1. Estou ansiosa por ver esse filme, parece maravilhoso!

    ResponderEliminar
  2. Quando vi o trailer, pensei exatamente o mesmo. Apesar de ainda não ter visto o filme, quero muito fazê-lo, porque acho que tem uma mensagem incrível!
    «Numa altura em que tanto se fala de ser anti natural os animais irem a restaurantes (assunto que dá para um outro longo texto) pergunto-me... até quando acharão natural obrigar animais a estarem numa arena para felicidade de humanos?», não diria melhor

    ResponderEliminar
  3. Tenho mesmo de ver este filme, só tenho lido e ouvido falar bem :)
    E aborda um tema que eu repudio totalmente...

    ResponderEliminar
  4. Na minha zona não tenho essa tradição e em minha casa nunca se viu, exatamente por os meus pais acharem aquilo bárbaro. Na universidade tive "discussões" com colegas minhas e quando as fazia ver que, na última instância, a tourada, tal como dizes, serve apenas para o entretenimento das pessoas.
    Só de ler a tua descrição já acho que é um filme em que vou verter umas lágrimas :p
    Obrigada pela sugestão!

    ResponderEliminar
  5. Vi-o no início do mês e adorei! É realmente um filme que todos deviam ver e apesar de ser de animação tem um valor incalculável para os adultos! Beijinhos*

    ResponderEliminar
  6. r: Sinto o mesmo, minha querida :)

    Sem dúvida! Quando vi o preço até achei que só podia ser um erro.
    Há passagens dolorosas, mas é mesmo interessante acompanhar a história

    ResponderEliminar

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?