quinta-feira, maio 10

: A paixão pelos livros começa na capa!


Muito nos dizem que não podemos julgar um livro pela capa - e é bem verdade - mas não podemos negar que uma boa capa ajuda a despertar o nosso interesse. Se a capa for clara e nos transmitir um pouco do livro vai conseguir com que, pelo menos, peguemos nele para ler a sinopse. Não costumo descartar livros por motivos fúteis mas acabo por demorar mais a chegar até eles.

Há pouco tempo chegou-me às mãos um livro de um conhecido dos meus pais. O livro foi editado em edição de autor e ele emprestou-mo para ler. A sinopse é super interessante e o pouco que li puxa por nós - aborda a temática da escravatura no Brasil. Mas depois a capa desiludiu-me. É escura e demorei uns bons vinte minutos a perceber qual era a imagem. Eu e o meu pai começámos por pensar que era uma coisa mas depois acabei por descobrir algo completamente diferente. Sei que não é a capa que faz o livro mas, sejamos sinceros, ajuda bastante!

Costumam ligar alguma coisa às capas ou passa-vos completamente ao lado?

10 comentários:

  1. Não és a única, também ligo bastante às capas. :)
    Mas sou uma pessoa que tem "medo" de comprar um livro que não conheça e que desconheça o autor, fico com receio de não gostar do livro. :s

    ResponderEliminar
  2. Sim, costumo ligar um pouco à capa. Não quer dizer que não vá ler, mas é a primeira imagem e, como dizes, custa-me mais pegar nele senão tiver uma capa apelativa.

    ResponderEliminar
  3. Claro que sim. Acho que é um aspecto importante, mas aquilo que atrai mais é sempre a sinopse.
    Um beijinho grande*
    Vinte e Muitos
    Unike Store Peças únicas, para mulheres únicas!

    ResponderEliminar
  4. Eu acho que a capa é o maior marketing que um livro pode usar! Eu, pessoalmente, confesso que comecei a ler Lesley Pearse por achar os saquinhos super giros. Na altura, ainda só havia dois livros dela publicados cá em Portugal, e andei a decidir qual dos dois "saquinhos" ia trazer para casa. E foi assim que fiquei a conhecer aquela que é, neste momento, a minha autora de eleição! :)

    ResponderEliminar
  5. A capa, sobretudo as capas rígidas, conseguem transformar livros desinteressantes em ótimos calços para móveis empenados. eheh

    ResponderEliminar
  6. eu sinceramente até ligo mais às opiniões que existem sobre o livro, se todos dizem que é muito bom e a sinopse me agradar então leio :P
    beijinhos :) https://ratsonthemoon.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Nem de propósito, hoje comecei o meu texto a falar sobre esta questão :p
    Pessoalmente, acho que reduzir o livro à capa não é a melhor forma de o valorizar. No entanto, a verdade é que este elemento é o primeiro contacto com a obra. É o que desperta a nossa curiosidade. E, pensando mais a fundo, acaba por também contar um bocadinho da sua história (quando bem executada)

    ResponderEliminar
  8. Também me chamam a atenção, acho que é assim com toda a gente. Os olhos comem sempre primeiro, não é? :P

    ResponderEliminar
  9. Concordo plenamente! :) O primeiro impacto é muito importante, e por vezes decisivo! Sei que não devemos fazer dele o único critério de seleção, mas em boa verdade, somos atraídos automaticamente por aquilo com o qual nos identificamos mais! Pessoalmente, sou do 8 ao 80, gosto de capas minimalistas ou então cheias de cor e ilustrações criativas. Por outro lado, o título é o que mais me chama a atenção! Mais até do que a capa...adoro títulos grandes como "por quem os sinos dobram" ou "os livros que devoraram o meu pai"! :)

    ResponderEliminar
  10. Ligo imenso à capa, principalmente se for de algum autor que não conheço. Às vezes acabo por me surpreender, outras vezes por me desiludir mas acho que faz parte :)

    ResponderEliminar

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?