domingo, junho 17

: [ Tudo o que sempre quis ] de Ana Rita Correia



Sinopse: Salvador. Lucas. Helena. Sara e Martim. Cinco jovens que se perderam algures na estrada da vida. Todos eles têm assuntos pendentes, cicatrizes e fantasmas que insistem em persegui-los onde quer que vão. Até mesmo quando, um por um, por um motivo ou por outro, se refugiam numa pequena Vila à beira-mar sem saberem até que ponto os seus destinos estão traçados. Uma história de amor, de amizade, de dor, perdão e segundas oportunidades. Mas acima de tudo, lealdade. Ninguém é forte o suficiente ao ponto que não precise de outro alguém. O que faria com uma noite que mudou tudo? Até onde iria em nome do amor?



Opinião: Este é um livro bastante especial para mim. Além da autora ser minha amiga foi uma obra que li antes da sua edição, já há bastante tempo. Ter o prazer de reler esta história foi maravilhoso e conseguiu surpreender-me como eu não esperava. Parecia estar a lê-la pela primeira vez e senti novamente todas as dores dos personagens. Pareceu-me estar a surfar com o Salvador e a Sara. Quase me escondi perante mais um ataque do furacão Helena. Derreti-me com a história de superação do Lucas. Apeteceu-me puxar as orelhas ao Martim, por ser tão tolo. Cinco vidas intimamente ligadas e que irão demonstrar laços bem fortes nos piores momentos. Muitas são as batalhas que travam, muitos são os segredos que guardam, muitos são os fantasmas com os quais lutam. As reviravoltas são mais que muitas e conseguiram prender-me ao livro, ansiando ler sempre mais e mais. É possível ver o crescimento dos personagens ao longo dos capítulos e o final encerra um momento luminoso, como todos eles merecem. Como qualquer pessoa merece. Este livro é a representação de sonhos, de lágrimas, de vitórias, de sorrisos, de amizade, de amor. É a representação de uma realidade que podia ser a nossa. Talvez por isso seja um livro que nos fala ao coração. Apaixonei-me por todos eles.

Se tiverem curiosidade em lê-lo visitem o blogue da autora - aqui - e falem com ela!

5 comentários:

  1. Mal posso esperar por reler esta história, agora em livro *-*

    r: Disseste tudo, minha querida, Portugal é mesmo grande. E acho que temos tudo para fazer um excelente mundial

    Ainda bem que consigo partilhar coisas novas :)

    ResponderEliminar
  2. Ooooh obrigada minha querida! Fico feliz por teres gostado de reler! ;)

    ResponderEliminar
  3. Estou muito curiosa com o livro da Rita e, mal possa, vou comprar e ler :)

    ResponderEliminar

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?