sábado, julho 7

: Aos meus exploradores.


Quando vos comecei a escrever este texto lembrei-me do quão pequenos vocês eram quando vos conheci. A maioria ainda só tinha três anos e todos os dias vos deitava para fazerem a sesta. Lembrei-me que estava cheia de medos mas apaixonei-me mal entrei na sala. Olharam para mim curiosos e depois das primeiras apresentações, sempre tão acanhadas, começámos a criar a relação que temos hoje. Comecei a conhecer-vos e a compreender quem são, de forma única e especial. Já lá vão dois anos a vosso lado. Alguns vieram, outros foram, bastantes ficaram. Cresceram. Cresceram tanto. Já não dormem a sesta, ajudam os pequenos a vestirem-se, comem a sopa sem ajuda, enchem as vossas garrafas de água, escrevem o vosso nome sozinhos, as chuchas ficaram para trás. Já não precisam tanto do meu colo mas ainda vos sabe tão bem um carinho quando estamos todos sentados, a aproveitar o tempo morto. Ensinei-vos o melhor que consegui e procurei que fossem sempre felizes, mesmo nos dias em que não estavam tão bem dispostos. Dei-vos o melhor de mim ou pelo menos assim o tentei. Fui amiga. Fui chata. Tantas vezes chata. Sempre para vosso bem, nunca se esqueçam. Dois de vocês vão abraçar uma nova aventura: o 1º ano. Todo um novo mundo se irá abrir para que vocês o possam explorar. E eu, que ficarei para trás, só posso ficar orgulhosa de vocês. A todos digo até já e continuarei a abraçar-vos sempre que vos vir. Ficarão entregues a uma das pessoas em quem mais confio e que sei que fará um trabalho espetacular. Vocês continuarão a ser espetaculares e a fazer-me rir mesmo nos dias cinzentos. Graças a vocês perdi todos os medos e estou pronta para em Setembro abraçar eu também um novo desafio: o berçário. Voltarei às chuchas, às sestas, ao colo incondicional. E, daqui a muitos anos, irei escrever-lhes uma carta assim. Cheia de amor. Obrigada por tudo o que me ensinaram. 

5 comentários:

  1. O berçário deve ser tão bom! Desejo-te imensas felicidades nesta tua nova aventura! Beijinho grande

    ResponderEliminar
  2. Foi impossível não me emocionar a ler este texto, porque o amor está mesmo presente nas palavras *-*
    Vê-los crescer é, sem qualquer dúvida, das melhores sensações. Mas também fica aquela ponta de tristeza pela despedida. Não duvido, em nenhum momento, que tiveram o melhor exemplo - e que crescerão com ainda mais ferramentas viáveis por todo o trabalho que desenvolveste com eles.
    Boa sorte a todos nesta nova etapa <3

    ResponderEliminar
  3. Tão bonito, que publicação amorosa! Acredito, firmemente, que os marcaste e que se lembrarão de ti, tendo em conta muitas das coisas que foram aprendendo. Eles Crescem tão rápido :)

    ResponderEliminar
  4. r: Assino por baixo! Ainda por cima, a mensagem da música é muito especial *-*

    Verdade, sem amizade não chegamos longe

    Aconchega - e muito - ler isso. Obrigada, minha querida 💙

    Recomendo, minha querida. É uma leitura muito descomplexada e tranquila. Que nos permite seguir a ordem que pretendermos

    «Ser honestos com a nossa dor», acho que esta frase resume tudo o que eu penso em relação ao assunto. Porque é mesmo isso!
    Contra mim falo, porque também uso preto nesses momentos, mas acho que é uma cor que acaba por nos deitar ainda mais a baixo

    ResponderEliminar
  5. Adoro ver pessoas que amam o que fazem!


    JU VIBES | @itsjuvibes ❤

    ResponderEliminar

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?