sábado, julho 21

: Sou feliz com a pessoa que sou.


É preciso um pedaço de presunção para assumir algo assim. Logo eu que era a pessoa que ficava preocupada quando alguém não gostava de mim. Cheguei a uma fase da minha vida em que me limito a ser eu, sem qualquer tipo de filtro. Com tudo aquilo que trago na bagagem. É impossível agradar a todos e não quero sentir que falhei comigo mesma. Cheguei a uma fase da minha vida em que não tenho vergonha dos meus defeitos. Aliás, sempre consegui ter lucidez para assumir as minhas falhas. E agora tenho também força para assumir aquilo que tenho de bom. Nestas últimas semanas surpreendi-me a mim mesma e dei por mim a perdoar alguém. A esquecer os motivos que nos tinham afastado. A pôr as divergências para trás. Dei por mim a ser o ombro amigo mais inesperado. E é isso que gosto em mim, desta minha capacidade de chutar o rancor para longe. Mesmo desiludida com alguém não sou capaz de virar costas quando precisam de alguém. Abraço, oiço, aconselho. Não sou perfeita - estou longe disso - mas estou orgulhosa da pessoa que sou. Aconteça o que acontecer só quero tornar o mundo mais bonito. Um dia de cada vez. 

15 comentários:

  1. São capacidades que poucos têm!
    Tornarás, de certeza, um bocadinho de cada dia :)
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. E isso é tão bom, o rancor e a energia negativa,para além de nós consumirem, por vezes tornam-se num ciclo viciante!!

    Perdoar é tão bom!!!

    ResponderEliminar
  3. Não vale a pena guardar rancor ;) o rancor é daquelas coisas que só faz mal a quem o tem... :)

    ResponderEliminar
  4. Podia ter sido eu a escrever este texto.

    ResponderEliminar
  5. É muito reconfortante quando nos aceitamos e quando gostamos. 😊
    Perdoar é muito bonito, e ajuda-nos interiormente e tira nos um peso, mesmo que por vezes as pessoas não mereçam mas nós fizemos a nossa parte, e ajudar também é muito bom.

    ResponderEliminar
  6. Maturidade e crescimento é isso mesmo, deixar o passado para trás. Bom domingo *

    ResponderEliminar
  7. E estás a fazê-lo, todos os dias, ao teres esse amor-próprio e ao seres capaz de estar para os outros, independentemente do facto de a bagagem que partilham não ser a mais feliz.
    Faltam mais pessoas como tu <3

    ResponderEliminar
  8. r: Adorava ler o bailado *-*

    Concordo muito contigo. Nem sempre compreendemos a força positiva que os medos podem ter, mas a verdade é que crescemos e acabamos por chegar mais longe, precisamente, por eles existirem

    E gostar de doces com sabor a café é ótimo :D ahah

    Começam a existir progressos, felizmente, mas acho que ainda se desvaloriza muito a música portuguesa. O que é uma pena, porque temos músicos incríveis

    ResponderEliminar
  9. "É impossível agradar a todos" ora nem mais...
    Fico contente por te sentires assim, bem contigo própria!
    Que todos os dias, aos pouquinhos, consigas fazer um mundo mais bonito, por mais pessoas como tu :)

    ResponderEliminar
  10. E era tão bom que todos tivessemos esse à vontade com os nossos defeitos e qualidades. Parabéns por te encontrares nesse lugar e por ser um lugar feliz! Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Não vale a pena ter filtros, esconder aquilo que realmente somos. Mais vale mostrar aquilo que somos na totalidade, acabamos sempre por ganhar com isso. Gostei imenso do texto, já tinha saudades de passar por aqui!

    https://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  12. O mais importante é sermos fiéis a nós próprios! :)

    ResponderEliminar
  13. Só tens de ser feliz com a pessoa que és minha querida.
    "É impossível agradar a todos e não quero sentir que falhei comigo mesma." - o nosso amor próprio é tão importante!
    Incrível, conseguires pôr todo o rancor de lado, ajudar alguém que precisa, mesmo que te tenham desiludido. Como disse a Andreia, o mundo precisa de mais pessoas como tu :)

    ResponderEliminar
  14. O rancor, que para mim é o ódio na sua vertente mais refinada, não nos acrescenta nada. Pelo contrário: o ódio destrói-nos mais a nós do que à pessoa odiada.
    Odiar toda a gente sabe. A sabedoria está no saber perdoar.
    Não, não sou nenhum pastor de uma dessas igrejas evangélicas brasileiras que enchem o Facebook com frases bonitas que nem eles são capazes de pôr em prática. xD

    ResponderEliminar
  15. Parabéns pelos teus pensamentos!

    www.trapinhartes.blogspot.com

    ResponderEliminar

À noite gosto de contar as estrelas que estão no céu e de ver por onde anda a Lua. E tu do que gostas?